Movimento LGBT marca noite do Globo de Ouro

O Globo de Ouro, que aconteceu ontem (8), em Los Angeles, teve uma forte militância LGBT durante a noite. Um dos motivos foi um filme com temática gay vencer como melhor longa. Moonlight: Sob a Luz do Luar tinha seis indicações e venceu apenas uma, a mais importante da noite.

moonligh_melhor_filme_globo_de_ouro

Dirigido por Barry Jenkins, o longa conta, em três fases, a história de um homem e sua luta para sobreviver às drogas, à mãe abusiva e lidar com sua homossexualidade.

Além do longa, a atriz lésbica Sarah Paulson venceu como melhor intérprete de telefilme ou minissérie por American Crime Story: O Povo Contra O.J. Simpson.

Sarah e esposa
Sarah e esposa

Outros dois momentos LGBT da noite foram quando Nina Jacobson recebeu o prêmio de melhor minissérie também para American Crime Story e agradeceu à esposa e os filhos e o discurso de Stephen Daldry, quando recebeu a estatueta por ‘The Crown’, que lembrou do marido.

Nina Jacobson
Nina Jacobson
Stephen Daldry
Stephen Daldry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *